Contos da Madrugada


Chegando em casa. Quem conhece Parnamirim, sabe que o bairro bela vista eh o mais conhecido como bala vista. Vim por dentro pra nao ir pela Br. Evitar blitz, porem um kadet ( carro suspeito) diminue a velocidade, eu tive que desviar pela contra mao. Segui em frente. De repente passa aquele foguete me ultrapassando... E novamente diminue a velocidade.. Fiz como ele, ignorei quebra molas e tudo que estava a minha frente. Nao via nada, apenas o velocimetro marcando 120km numa estrada deserta. Se eu morresse, morreria tentando. Mas, tudo correu bem. Cheguei em casa em 4min. Nao via nada, queria apenas sair dali. Nao estava preparada, pois estava dirigindo um outro carro. So ouvi a dona falando "empurra o pe" e o fiz. Quando olhei para o relogio marcava 00:11 o primeiro numero que vi foi o 11... Antes disso senti um mal presentimento, ja distante do perigo vi o numero 11, mas ao mesmo tempo tive a certeza de que eu nao estava sozinha. Existe uma forca maior que me acompanha aonde quer que eu va. Digamos que foi apenas um aviso.