Coisas do Passado - Parte I

É incrível como as coisas acontecem tão de repente.
Se eu pudesse faria tudo diferente, mudaria coisas que o destino não fez. Acabariam com uns e ressucitava outras. Destruiria a humanidade, coisa que o criador não fez. Porque umas vão e outras ficam? Continuo sem entender qual o propósito de tudo isso, quantas perguntas e nenhuma resposta. O tempo não faz milagres, acabo de não concordar com essa afirmação. Se fizesse milagres, já teria muitos túmulos abertos. A essência da vida é saber que alguém que amamos está vivo.
Só de sentir sua ausência, fico em pensamentos mórbidos... Somos todos iguais? De certa forma sim. Mas por outro lado não. Somos iguais em que sentido? Pois não sou igual a pessoas medíocres... Eu sou diferente, posso afirmar isso. Chega uma hora na vida que temos que tocar o barco pra frente, mesmo que isso seja duro demais... Recordações passadas me afligem, será que temos que viver o presente, mas pesando no futuro?