Tuas Mãos....




Amor eterno,estou partindo, eu vou para bem longe em céus nunca antes deslumbrados, rompendo as nuvens de chumbo, rompendo os laços com passado, longe da rotina dos meus passos, longe dos teus abraços, longe de mim, longe de tudo e das coisas do mundo...
Quero ficar só com os meus pensamentos, comigo. No mais profundo silêncio da alma..
Estou partindo!
Quero fugir dessa paixão voraz, que me deixa desfalecida, sufocada, possuída, sem paz.. Estou partindo sem lágrimas nos olhos, sem olhar para trás. Deslumbre dos sentimentos, esvazio-me leve e solta, quero embarcar no vôo da liberdade, voar, voar, sem pensar, sem rota, sem bússola, sem direção, ir alem do arco-íris.. Encontrar o pote de ouro.. O teu coração..
Tuas mãos....
Aaah, tuas mãos.. Tão cálidas, tão carinhosas, tão perfumadas, cheirado a rosa transpiram o aroma da emoção, transbordavam pelos poros a seiva do teu coração
Ah tuas mãos tão ternas, tão eternas com magia me afagavam, com a estria despertavam a doce e fiel fantasia que durante tanto tempo no silencio da noite vazia na cama espaçosa, fria, eu queria alimentar. E quando com você eu sonhava feliz então adormecia, saciada pela ilusão de tê-lo tido ao meu lado, entregue, apaixonado e escravo de minha paixão..
Tuas mãos tão reais, tão divinamente carnais, fizeram meu mundo girar ao contrario, seria fruto do imaginário? Ou foi Deus então quem pirou? Queria congelar aquele tempo, queria morrer naquele momento para nunca mais sofrer, mas ali estávamos nos, loucos, sem juízo, no paraíso, sem pudor, sem um anjo ou voz que podemos nos repreender, inebriados, enfurecidos pelo desejo, deduzidos pelo mais sublime viver... Aaah, tuas mãos. (suspiros)